Tratamento e Reinserção Social

0
0
0
s2sdefault

DEPENDÊNCIA DE SUBSTÂNCIAS PSICOATIVAS

 
A dependência de Substâncias Psicoativas é uma doença crónica, complexa caracterizada pela compulsão e desejo incontrolável, procura e uso persistente da Substância, apesar de consequências extremamente negativas.

(NIDA, 1999)

Atinge o ser humano nas suas dimensões básicas - biológica, psíquica, social e espiritual.

Não tem causa única, é resultado de vários fatores: físicos, emocionais, psíquicos e sociais, que atuam ao mesmo tempo no individuo, variando a predominância dos fatores de uma pessoa para outra. Sem o tratamento adequado, a dependência de substâncias psicoativas tende a piorar cada vez mais com o passar do tempo, levando a pessoa a uma destruição gradual de si mesma, atingindo a sua vida pessoal, familiar, profissional e social.

 

TRATAMENTO E REINSERÇÃO SOCIAL DE DEPENDENTES DE SUBSTÂNCIAS PSICOATIVAS

O tratamento é entendido como um processo dinâmico e complexo, que não visa apenas a paragem do consumo das drogas, mas ajudar os doentes e seus familiares a restaurar, recriar e enriquecer a sua forma de estar na vida. O objetivo é que a pessoa doente se reinsira no seu meio com um projeto de vida próprio, autónomo e livre de drogas.

Serviços / Respostas de tratamento das dependências disponíveis em Cabo Verde

 

RECAÍDAS

A maioria dos consumidores dependentes de álcool e outras drogas sofrem recaídas.

Isto é consistente com a natureza recorrente-remitente crónica da dependência do álcool, e deve ser tratada no planeamento do tratamento, em vez de ser considerada um fracasso do tratamento. Proporciona uma experiência de aprendizagem terapêutica e de crescimento, se for alvo de reflexão entre o terapeuta e o doente.

As situações ou estados de humor específico estão frequentemente associados à recaída, incluindo:

  • Estados emocionais negativos (frustração, ansiedade, depressão ou raiva);

  • Conflitos interpessoais (relações com parceiros, colegas de trabalho, amigos);

  • Pressão social, direta ou indireta para consumir a substância.

Também algumas situações poderão desencadear a recaída como:

  • Frequência de locais e amigos associados ao consumo da substância;

  • Ouvir músicas e ler livros associados à substância;

  • Falta de ocupação.

 

REINSERÇÃO SOCIAL

A Reinserção Social de dependentes de substâncias psicoativas deverá fazer parte de todo o processo de tratamento, devendo iniciar-se quando o indivíduo toma consciência do seu problema e resolve efetuar o pedido de ajuda.O processo, que envolve o indivíduo doente e a sociedade, tem como principal objetivo possibilitar condições para que a pessoa possa alcançar a sua autonomia, enquanto cidadão com pleno direitos e deveres.

Assim sendo, a Reinserção Social requer uma abordagem abrangente multissectorial e interdisciplinar, exigindo uma intervenção em rede.

É nesse sentido que em 2017 foi validado o Primeiro Programa Nacional de Reinserção Social de Dependentes de Substâncias Psicoativas, visando criar um quadro estratégico de referência, para a atuação dos diferentes atores, intervenientes e serviços nesta matéria.

O Programa baseou-se nas recomendações resultantes de uma avaliação das necessidades em matéria de reinserção social em Cabo Verde, promovida pela CCAD em parceria com o ONUDC e uma especialista do SICAD. O programa será implementado através da Direção Geral de Inclusão Social - Ministério da Família e Inclusão Social, em articulação com a CCAD.

 

 
 
Tags: , ,