Substâncias Psicoativas

0
0
0
s2sdefault

Conceito

Segundo a Organização Mundial da Saúde - OMS, droga é toda e qualquer substância, natural ou sintética que, uma vez introduzida no organismo, modifica as suas funções.

Drogas não se restringe apenas a substâncias ilícitas, mas também a lícitas.

 

Termos Legais

  • Drogas lícitas - aquelas que são regulamentadas e permitidas o porte o uso e a venda. Exemplo: cigarro, álcool e alguns medicamentos.
  • Drogas ilícitas – aquelas cuja produção, porte, venda e consumo são proibidas pela lei. Exemplo: cannabis (padjinha), cocaína, ecstasy e heroína.

 

Tipos de Drogas

As drogas estão classificadas em três categorias, segundo a sua atuação no Sistema Nervoso Central:

  • Estimulantes - produzem o aumento da atividade cerebral, ou seja, estimulam o seu funcionamento fazendo com que o usuário fique em estado de alerta exagerado, sem sono, podendo deixar a pessoa mais agitada. Alguns exemplos dessas drogas são cocaína, anfetamina, nicotina e Ecstasy.
  • Depressoras - diminuem a atividade cerebral, ou seja, deprimem o seu funcionamento, o que significa dizer que a pessoa que faz uso desse tipo de substância fica “lenta” e “desinteressada” pelas coisas, dificultando o processamento das mensagens que são enviadas ao cérebro. Alguns exemplos dessas drogas são álcool, heroína e tranquilizantes.
  • Perturbadoras - modificam qualitativamente a atividade do cérebro, que passa a funcionar desordenadamente, podendo alterar a perceção, levando o usuário a situações de alucinação (a pessoa vê, ouve ou sente algo que não existe). Alguns exemplos dessas drogas são cannabis e LSD.

Tags: