0
0
0
s2sdefault

 

Hoje, dia 05 de outubro, assinala-se o 3.º Aniversário da entrada em vigor da Nova Lei do Álcool -  Lei n.º 51/IX/2019, de 08 de abril.

 Assim, a Comissão de Coordenação do Álcool e outras Drogas promoveu a Apresentação dos Resultados Preliminares do Estudo sobre a Implementação da Lei do Álcool, que está a levar a cabo com a assistência técnica da Organização Mundial da Saúde, e a colaboração de vários parceiros, na Sala n.º 114, do Ministério de Saúde.

 O referido estudo pretende verificar a efetividade da implementação da nova Lei, identificar e reforçar os ganhos conseguidos, identificar os principais constrangimentos ligados à implementação das medidas previstas na nova Lei e propor ações a serem consideradas em relação aos desafios atuais.

Os dados foram apresentados pelo Dr. Crisanto Barros, Consultor do estudo, onde o mesmo expôs que os dados preliminares do estudo, apontam que 87% da população reconhece que já ouviu falar na lei do álcool, sendo que as mulheres, cerca de 86,2%, atribuem mais importância a lei do álcool do que os Homens, cerca de 83,4%.

Cerca de 82% da população indicaram conhecer a proibição a menores de 18 anos de frequentarem espaços exclusivos ou vocacionados para a venda e consumo de álcool, entre outros.

 O Secretário de Estado Adjunto do Ministro da Saúde, Dr. Evandro Monteiro na sua intervenção frisou que pretende se evitar que a nova lei do álcool seja estática e inflexível, estando sujeito ao próprio dinamismo da sociedade. "Importa percebermos se o seu conteúdo e se a sua implementação contribuem de facto para a satisfação do interesse publico”

O evento contou com a participação do Representante da OMS, Dr. Daniel Kertesz e ainda dos parceiros e instituições intervenientes nesta matéria.

 

0
0
0
s2sdefault

 

A Comunidade Terapêutica de Ribeira de Vinha em São Vicente, foi inaugurada no dia 20 de julho, pelo Primeiro Ministro de Cabo Verde Excelência, Dr. Ulisses Correia e Silva. Esta comunidade é uma estrutura de saúde construída de raiz representando um investimento de mais de 125 milhões de escudos para dar resposta a toda região de barlavento em matéria de tratamento das toxicodependências.

Segundo o Chefe do Governo, “Entregámos um investimento importante no sector da saúde, com impacto na melhoria das condições de serviços de cuidados ligados ao uso abusivo do álcool e outras drogas, reforçando a capacidade de acolhimento e da qualidade de resposta para tratamento, e para a reinserção social e económica dos dependentes de drogas e álcool. É um investimento que se enquadra na política pública de saúde do Governo.

Cada jovem, cada mulher, cada homem recuperado da dependência do álcool e da droga, é uma vitória social. Significa recuperação para a vida, regresso à família e à comunidade, sem estigmas e com criação de oportunidades.”

Frisou ainda que trata-se de uma estrutura que vem materializar as prioridades do VIII Governo constitucional na promoção da saúde e de estilos de vida saudável, bem assim na melhoria da prevenção e do tratamento das dependências do uso abusivo do álcool e outras drogas.

Este centro é o segundo a nível do país, distribuído em 5 blocos, desenvolvidos em espaços: Administrativo, Multiusos, Consultórios, Oficinas e um Centro de Dia, que vai cobrir toda a zona de Barlavento, reforçando as respostas existentes no âmbito do tratamento das dependências, mais concretamente em regime de internamento. O projeto foi financiado pelo fundo do Kuwait.

 

0
0
0
s2sdefault

 

Todos os anos, a 31 de maio, a Organização Mundial da Saúde (OMS) e seus parceiros celebram o Dia Mundial sem Tabaco.

 Este ano sob o lema “Tabaco: Uma Ameaça para o nosso ambiente” tenciona-se aumentar a conscientização pública sobre o impacto ambiental do tabaco, desde o cultivo, passando pela produção, a distribuição e os resíduos o que pode promover uma razão adicional ao abandono do tabaco.

 Para assinalar esta data, entre outras atividades previstas, hoje dia 24 de maio, o Instituto Nacional de Saúde Publica (INSP), em parceria com a Comissão de Coordenação do Álcool e outras Drogas (CCAD) realizou um Workshop sob o tema "Percurso de Luta contra Tabaco em Cabo Verde”.

Durante a atividade apresentou-se as experiências dos parceiros na luta contra o Tabaco em Cabo Verde , onde teve-se a apresentação da Igreja Adventista, do Centro de Saude de Tira Chapeu, da  Rede Nacional das Coalizões Antidrogas e da própria INSP.

 O evento foi realizado em formato hibrido (online e presencial, onde estiveram presentes representantes de estruturas de saúde e ONG`s.

0
0
0
s2sdefault

 

A Comissão de Coordenação do Álcool e outras Drogas - CCAD e a Unidade de Gestão da Casa do Cidadão - UGCC assinaram, ontem, dia 05 de Outubro, no âmbito do Encontro de Reflexão sobre o Segundo Aniversário da Entrada em Vigor da nova Lei do Álcool - Lei n.º 51/IX/2019,  um Acordo de Nível de Serviço, visando  recebimento e encaminhamento de denuncias, sugestões, pedidos de informações e esclarecimentos, relacionados ao álcool e outras drogas, através da Plataforma E-participa no link https://eparticipa.gov.cv/.

O Acordo foi rubricado pela Secretária Executiva da CCAD, Dra. Fernanda Marques e o Gestor da Unidade de Gestão da Casa do Cidadão, Dr. João Cruz.

Nesse ato a Secretária Executiva da CCAD frisou a importância da parceria com a Casa do Cidadão, e disse que esta associação irá dar um impulso em relação à implementação argumentando que a comissão quer um envolvimento de toda a população, uma vez que a lei diz respeito a todos.

0
0
0
s2sdefault
 
 
A Comissão de Coordenação do Álcool e outras Drogas em parceria com vários parceiros, realizou uma Marcha de Sensibilização, na Cidade da Praia, no dia 01 de julho, para assinalar esta importante data, o Dia Nacional contra o Uso Abusivo do Álcool - Dia 01 de Julho.
 
Pretendeu-se com esta marcha sensibilizar a população cabo-verdiana, sobre a problemática do uso do álcool no seio das famílias, nos jovens e nas comunidades em geral e a necessidade de uma ação conjunta e articulada.
 
A marcha saiu do Gimno desportivo e terminou na Pracinha da Escola Grande, no Plateau, onde foram passadas mensagens de sensibilização, foi realizado um concurso de perguntas e respostas e terminou com música.
 
Estiveram presentes parceiros da CCAD, Organismos da Sociedade Civil, Organizações Não Governamentais entre outros.

0
0
0
s2sdefault

 

Hoje, dia 22 de abril, a Comissão de Coordenação do Álcool e outras Drogas - CCAD, esteve numa conversa aberta com as crianças do jardim da Fundação Infância Feliz- FIF, no bairro de Calabaceira, no âmbito do Projeto de Prevenção do Alcoolismo, Droga, Violência e VIH-SIDA. à convite da FIF.

A atividade foi realizada numa abordagem lúdica e interativa, onde foi disseminada informações de promoção da saúde e abordada a questão do tabaco, álcool e outras drogas, para que as crianças compreendam o perigo dessas substâncias.

Participaram nesta atividade cerca de 25 crianças de 5 a 6 anos, que estiveram participativas e pode-se constatar que já têm alguma informação acerca dessas substâncias.

 

 

0
0
0
s2sdefault

O Ministério da Saúde, através da Comissão de Coordenação do Álcool e outras Drogas – CCAD. realizou ontem, dia 05 de outubro, um Encontro de Reflexão sobre o Segundo Aniversário da Entrada em Vigor da nova Lei do Álcool - Lei n.º 51/IX/2019, com os parceiros e instituições intervenientes com responsabilidade na implementação da nova Lei do Álcool.

 O encontro foi copresidido pelo Ministro da Saúde, Arlindo do Rosário, e em representação da Câmara Municipal da Praia a Vereadora Kyhra Varela.

O Sr. Ministro da Saúde na sua alocução frisou que este encontro é uma oportunidade de reunir os vários parceiros para apreciar o ponto de situação deste processo, pois se trata de uma luta para mudança de comportamento, sendo o alcoolismo um problema de saúde pública e transversal que necessariamente precisa do envolvimento de todos.

De acordo com o Dr. Arlindo do Rosário, "a Lei é apenas uma ferramenta que visa regulamentar a questão do uso do álcool em Cabo Verde, mas, mais do que medidas regulatórias, existem também outras medidas, nomeadamente as de sensibilização".

A Vereadora Dra. Kyhra Varela demonstrou o engajamento da Câmara Municipal da Praia na luta contra o alcoolismo, assim como, algumas medidas tomadas pela referida instituição para pôr cobro da situação do alcoolismo na Cidade da Praia.

Ainda, no mesmo encontro teve lugar a Assinatura de Acordo de Nível de Serviço entre a CCAD & a Casa do Cidadão.

 Atividades idênticas foram realizadas em vários municípios do país, com o mesmo objetivo.

0
0
0
s2sdefault

 

Numa parceria conjunta entre o Instituto Nacional de Saúde Pública (INSP), a Comissão de Coordenação do Álcool e outras Drogas (CCAD) e o Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (ONUDC), realizou-se um Seminário alusivo ao Dia Mundial de Luta Contra as Drogas, no dia 30 de junho.

A data, celebrada sob o lema “Enfrentar os desafios da droga nas crises sanitárias e humanitárias”. Com este seminário visou-se a sensibilização e a conscientização sobre o impacto das crises atuais sanitárias e humanitárias no consumo e tráfico de drogas.

A sessão de abertura foi presidida pelo Sr. Secretário de Estado da Saúde, Dr. Evandro Monteiro e contou com intervenção da Secretária Executiva da CCAD, Dra. Fernanda Marques e da Coordenadora Sénior Nacional do ONUDC Cabo Verde, Dra. Cristina Andrade.

No seminário foram apresentados os seguintes temas: "Prevenir o primeiro contato com as drogas: desafios de hoje", pela Dra. Maria Helena Andrade, Diretora do Serviço de Gestão Pedagógica, Avaliação e Inclusão Educativa – DNE, " A luta contra a droga em Cabo Verde: Experiência da CTGSF no tratamento e recuperação de pessoas dependentes” - O Papel da Equipa de Enfermagem, os desafios face ao COVID- 19", pelo Dr. Mário Barros, Enfermeiro Chefe da CTGSF e "Impacto da pandemia no uso do álcool e outra drogas", pela Dra. Dulcelina Semedo, Assistente Social do Centro de Saúde de Tira Chapéu, que trouxe dois dependentes em recuperação que deram testemunhos na primeira pessoa.

0
0
0
s2sdefault

 

 

Decorre, desde 22 de fevereiro, um Ciclo de Sessões de Informação e Sensibilização junto dos Estudantes do Ensino Secundário e Universitários sobre o Uso de Substâncias Psicoativas pelos Adolescentes e Jovens.

 Hoje, 25 de março, as sessões tiveram lugar no Município de Calheta São Miguel, nas Escolas Secundárias de Calheta São Miguel e Olegário Tavares, e no Município de Tarrafal de Santiago, nas Escolas Secundárias de Tarrafal e Chão Bom.

 Esta ação é promovida pela Comissão de Coordenação do Álcool e outras Drogas (CCAD), em parceria com a Universidade de Cabo Verde (UNICV) e a Direção Nacional de Educação (DNE), e conta com assistência da Organização Mundial de Saúde (OMS), no quadro da implementação da Convenção Quadro para o Controlo do Tabaco em Cabo Verde.

 Com estas sessões objetiva-se sensibilizar e consciencializar os alunos do ensino secundário e universitário sobre as consequências e os riscos ligados ao uso do tabaco, incluindo o cigarro eletrónico, álcool e outras drogas pelos jovens, de forma a contribuir para evitar o consumo dessas substâncias.

 As sessões já foram realizadas em vários municípios do país, nomeadamente: São Filipe, Mosteiros, Santa Catarina do Fogo, Brava, Boa Vista, Sal, São Vicente, Ribeira Grande Santo Antão, Paul, Porto Novo, Santa Catarina de Santiago, São Lourenço dos Órgãos e São Domingos.

 

0
0
0
s2sdefault

A Comissão de Coordenação do Álcool e outras Drogas realizou hoje, no período de manhã, uma formação destinada às Estruturas de Tratamento Não Governamentais das dependências do álcool e outras drogas, na sala de reuniões da CCAD.

A formação visou a capacitação dessas estruturas no âmbito da Rede Epidemiológica de Cabo Verde sobre o uso de Drogas (CVENDU), para que doravante os seus dados possam também constar no Relatório Anual de Cabo Verde sobre o uso de drogas.

Durante a formação debruçou-se sobre o preenchimento do Formulário do Indicador de Procura de Tratamento.

A CVENDU foi criada em 2018 numa parceria entre o Governo de Cabo Verde, o ONUDC, a CEDEAO e a União Europeia e tem por objetivo permitir o conhecimento da situação nacional e orientar a tomada de decisões no domínio da saúde, por um lado, monitorizar em todo o território nacional, a extensão, os padrões e as tendências do consumo de drogas e as consequências associadas, por outro.

 

0
0
0
s2sdefault

No dia 26 de junho, Dia Mundial Contra as Drogas, este ano sob o lema “Enfrentar os desafios da droga nas crises sanitárias e humanitárias'”, elegido pelo Escritório das Nações Unidas contra a Droga e o Crime (ONUDC), numa parceria entre o Grupo Juntos Conseguimos, a Comissão de Coordenação do Álcool e outras Drogas (CCAD) e o ONUDC, para assinalar a data realizou-se uma ação de sensibilização alusiva ao lema deste ano e intercâmbio desportivo, com os jovens e crianças,, no Polivalente, em Santa Cruz.

 Com este evento pretendeu-se sensibilizar os jovens a aprimorar a consciência sobre o grande problema que as drogas ilícitas representam para a sociedade, de forma a saberem enfrentar essa problemática e optar pela escolha saudável.

Durante este evento foram passadas mensagens de sensibilização testemunhos, intercâmbio desportivo e atividade cultural.

0
0
0
s2sdefault

 

 

No quadro da implementação da Nova Lei do Álcool – Lei 51/IX/2019 de 08 de abril. a Comissão de Coordenação do Álcool e Outras Drogas – CCAD em parceria com da Câmara de Comércio de Sotavento - CCS e da Câmara de Comércio de Barlavento – CCB, realizou hoje, 18 de março, o Lançamento do Guia Orientador para Intervenção em Estabelecimentos Comerciais e de Restauração – Venda de Álcool, pelas 10h30, na Câmara de Comércio de Sotavento. 

 Com a elaboração deste guia,  a CCAD pretende colmatar um certo défice informativo e formativo em relação à Nova Lei do Álcool e aos efeitos do consumo de bebidas alcoólicas, sobretudo nos jovens, e facilitar aos profissionais de estabelecimentos onde é permitida a venda de bebidas alcoólicas algumas estratégias que podem adotar para transmitir de forma mais efetiva o conhecimento sobre a Lei do álcool e contribuir para a prevenção do uso abusivo e indevido do álcool na sociedade cabo-verdiana.

O evento foi presidido pelo Presidente da CCS, Dr. Marcos Rodrigues e contou com uma intervenção da Vice-Presidente da CCB, Dra. Suzana Mões, onde estiveram presentes parceiros e representantes de estabelicimentos comerciais e de restauração.

Na atividade foi apresentado o guia pela Consultora Dra. Maria Estrela, seguido de sessão de esclarecimentos e dúvidas. 

0
0
0
s2sdefault
 
Realizou-se ontem, dia 29 de junho, um Encontro de Reflexão sobre o lema “Partilhe Fatos sobre Drogas. Salve Vidas”, com os Membros da Federação Cabo-verdiana das Associações Comunitárias, no Centro de Intervenção Comunitária de Fonton. 
 
Esta atividade foi promovida pela Comissão de Coordenação do Álcool e outras Drogas (CCAD), em parceria com a Federação Cabo-verdiana das Associações Comunitárias (FCAC) e o Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (ONUDC), no âmbito da comemoração do Dia Mundial contra as Drogas, assinalado a 26 de junho, 
 
Objetivou-se com esta atividade promover um espaço de diálogo e discussão sobre o lema com os membros da FCAC, visando sensibilizá-los para a relevância dos fatos sobre as drogas (e seus perigos) e da prevenção, tratamento e cuidados baseados em evidências.
 
No encontro a Coordenadora Sénior Nacional do ONUDC, Dra. Cristina, fez um enquadramento do Tema do Dia Mundial contra as Drogas, Partilhe Fatos sobre Drogas. Salve Vidas , apresentou os dados do Relatório Mundial sobre Drogas ano 2021 e falou de vários fatos baseados em evidências cientificas relacionados com a Prevenção ao Uso do Álcool e outras Drogas, orientando os membros de como apoiar e desenvolver ações tendo como base os fatos reais.
 
Houve ainda, a intervenção do Dr. Celestino Lobo falando na primeira pessoa sobre a importância dos fatos sobre drogas, descrevendo a sua história de vida de superação.
 
Contou-se ainda, com a colaboração do Centro de Intervenção Comunitária de Fonton, para realizar este importante evento.

0
0
0
s2sdefault
 
 
A Comissão de Coordenação do Álcool e outras Drogas (CCAD) em parceria com a Coordenação de Enfermagem, juntamente com o Gabinete de Saúde da Uni-CV e o Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (ONUDC, promoveram uma Roda de Conversa com os Estudantes da UNICV, no dia 24 de junho, sobre o lema deste ano., no âmbito das atividades alusivas ao Dia Internacional contra o Abuso e o Tráfico Ilícito de Drogas - 26 de junho.
Esta atividade foi dinamizada pela Professora Odete Mota e Professor Doutor Adilson Semedo, ambos docentes da Universidade de Cabo Verde. e contou com cerca de 55 alunos e alguns professores de forma a aumentar a conscientização sobre o grande problema que as drogas representam para a sociedade.

Vários aspetos foram discutidos relativo a influencia do contexto (atualmente crises sanitárias e humanitárias), o sistema e organização social, modernização, globalização influenciam o comportamento humano e que o pode tornar mais suscetível para o consumo de drogas. "

0
0
0
s2sdefault

 

 

Hoje, dia 10 de fevereiro, foi lançado o Livro “O Meu Pai é Alcoólico”, na Biblioteca Nacional.

O livro, escrito de forma simples e acessível, descreve uma história baseada em factos reais, de uma criança que vivenciou a problemática do alcoolismo no seio da família. Este livro é fruto de uma parceira entre a Comissão de Coordenação do Álcool e outras Drogas - CCAD e a Jornalista Marilene Pereira (autora),

Com a publicação deste livro, visa-se sobretudo chamar a atenção das crianças relativamente à ameaça do alcoolismo, mesmo em tenra idade.

Após o lançamento do livro a Jornalista Marilene Pereira frisou que "este livro é uma forma de mostrar que o alcoolismo é um problema e mostrar que se deve trabalhar com as crianças desde cedo, porque os dados estatísticos mostram que o primeiro contacto da criança com o álcool acontece muito cedo”.

A Secretária Executiva da CCAD na sua intervenção mencionou que na Comunidade Terapêutica Granja São Filipe, em dez anos do seu funcionamento, puderam constatar que 40 por cento (%) dos internos começaram a usar o álcool entre os 10, 11 e 15 anos. Segundo a mesma " Isto diz muito para nós, ou seja, há de facto a necessidade de darmos uma atenção às crianças em relação aos riscos, e aos comportamentos de riscos”.

Esta atividade contou a presença de um grupo de crianças do 5.º e 6.º ano de escolaridade da DNE, ICCA, ACRIDES e Aldeias SOS e contou com a importante colaboração da Biblioteca Nacional.

 

0
0
0
s2sdefault
 
A Comissão de Coordenação do Álcool e outras Drogas (CCAD), em parceria com o Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (ONUDC), entre outras atividades, realizou no dia 26 de junho, uma Conferência Alusiva ao Dia Mundial Contra as Drogas sob o Lema “Partilhe Fatos sobre as Drogas. Salve Vidas” & Balanço de 20 anos da Linha SOS/Droga 8002525, no horário das 09H30 às 12H00, na Sala de Conferencia do Hotel Pestana Trópico, para assinalar o Dia Mundial contra as Drogas.
 
Com este evento pretendeu promover um espaço de diálogo e discussão sobre o lema com os parceiros, visando sensibilizá-los para a relevância dos fatos sobre as drogas (e seus perigos) e da prevenção, tratamento e cuidados baseados em evidências e ainda partilhar dados dos atendimentos efetuados na linha SOS/Droga durante os 20 anos de funcionamento.
 
A sessão de abertura foi presidida pelo Ministro da Saúde e contou com as intervenções da Administradora Executiva da CVTELECOM e da Coordenadora Residente do Sistema das Nações Unidas.
Durante essa conferência, houve apresentação do Enquadramento do Tema do Dia Mundial contra as Drogas, com apresentação das principais conclusões do Relatório Mundial sobre Drogas “
pela Coordenadora Sénior Nacional do ONUDC, Dra. Cristina Andrade. Teve-se ainda, a Mensagem Alusiva ao Dia Mundial Contra as Drogas, pelo Psiquiatra e Especialista na Área da Dependência de Substâncias Psicoativas, Dr. Luis Patricio.
A Socióloga da CCAD, Dra. Eloisa Borges, apresentou o Balanço de 20 anos da Linha SOS/Droga 8002525 e para terminar a conferência houve assinatura de um protocolo de parceria entre a CCAD e CVTELECOM, com o Lançamento da Linha Verde de Apoio à Lei do Álcool, um serviço telefónico anónimo, confidencial e gratuito, que tem como objetivo informar, orientar, aconselhar e receber denúncias sobre a problemática do álcool, na sociedade cabo-verdiana.

0
0
0
s2sdefault

 

Para assinalar o Dia Mundial contra as Drogas,  a Comissão de Coordenação do Álcool e outras Drogas (CCAD), em parceria com a Universidade de Santiago e o Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (ONUDC)., realizaram no dia 24 de junho, uma Conversa com os estudantes da Universidade de Santiago sob o lema Enfrentar os desafios das drogas nas crises e humanitários, no Seminário São José.

Com esta atividade objetivou-se promover um espaço de diálogo e discussão sobre o lema com os estudantes universitários, visando sensibilizá-los e consciencializa-los, sobre o impacto das crises atuais sanitárias e humanitárias no consumo e tráfico de drogas.
 
estiveram presentes estudantes do Curso de Direirto e alguns professores da Universidade de Santiago.

0
0
0
s2sdefault

 

A Comissão de Coordenação do Álcool e outras Drogas, realizou ontem, 26 de janeiro, a Reunião Ordinária do Conselho Superior da Comissão de Coordenação do Álcool e outras Drogas - CCAD, no Salão de Banquetes do Palácio do Governo.

Objetivou-se com esta reunião a tomada de posse dos novos membros do Conselho Intersectorial da CCAD, a eleição dos novos Coordenadores das Comissões Técnicas Especializadas, a recolha de subsíduos para o Plano de Atividades Intersetoriais e Integradas da CCAD ano 2022, entre entre outros assuntos.

O Conselho Intersectorial da CCAD é constituído por representantes dos sectores governamentais e organizações da sociedade civil, nomeadamente, os Ministérios da Saúde, da justiça, da Administração Interna, da Educação, da Família, Inclusão e Desenvolvimento Social, da Cultura e Industrias Criativas, da Agricultura e Ambiente, da Juventude e Desporto, dos Negócios Estrangeiros e da Integração Regional, da Industria, Comércio e Energia, das Finanças e Fomento Empresarial, bem como do Conselho Superior da Magistratura Judicial, do Conselho Superior do Ministério Público, da Comissão Nacional de Direitos Humanos e Cidadania, da Associação dos Municípios de Cabo Verde, da Plataforma das ONG’s, da Diocese de Santiago, da Igreja Nazarena e da Igreja Adventista. Este conselho tem entre outras competências, sugerir medidas, proferir pareceres e proceder a avaliação do trabalho realizado pelo secretariado permanente da CCAD.

A reunião foi presidida pelo Presidente da CCAD, Sua Excelência o Ministro da Saúde, Dr. Arlindo do Rosário, que na sua alocução sublinhou que a estratégia adotada pelo país no âmbito do combate aos problemas ligados ao Álcool e outras Drogas tem sido global, intersectorial e integrada, contemplando as áreas de Promoção da Saúde, Prevenção, Pesquisa, Fiscalização, Tratamento e Reinserção Social, com o objetivo de ampliar, articular e fortalecer as respostas. Trata-se de uma estratégia de atuação intersectorial que envolve setores do governo e da sociedade civil, com vista a imprimir eficiência e melhores resultados.  Frisou que “ Isso requer de cada um dos intervenientes, uma visão holística do problema e uma reflexão profunda sobre a importância das ações intersectoriais para o alcance o objetivo definido”.

0
0
0
s2sdefault

No âmbito da Comemoração do Dia Internacional contra o Uso Abusivo e o Tráfico Ilícito de Drogas – assinalado no dia 26 de Junho, este ano o lema elegido pelo Escritório das Nações Unidas contra a Droga e o Crime (UNODC), “Partilhe Fatos sobre Drogas. Salve Vidas”, a Comissão de Coordenação do Álcool e outras Drogas (CCAD) em parceria com o Escritório das Nações Unidas sobre Droga e Crime (UNODC), e outros parceiros nacionais, realizou várias atividades alusivas a data, entre eles:

- Encontro Online de Reflexão sobre o lema do Dia Mundial com os Núcleos Concelhios de Prevenção ao uso do Álcool e outras Drogas e parceiros - dia 21 de junho;

- Formação de Jovens Multiplicadores para Jovens da Comunidade de Várzea da Companhia em Matéria de Prevenção ao uso do Álcool e outras Drogas, na Sala de Formação da Associação Juvenil Black Panthers, sito no bairro da Várzea - dias 21 e 22 de junho;

- Participação no Programa Televisivo “Mais Saúde”, na TCV, sob o tema “Partilhe fatos sobre drogas. Salve vidas" - dia 22 de junho;

- Seminário Online sobre as Normas Internacionais de Tratamento de Transtornos por Uso de Drogas, para Profissionais de Saúde - de 22 a 25 d junho;

- Conferência Alusiva ao Lema do Dia Mundial contra as Drogas e Balanço de 20 anos da Linha SOS/Droga 8002525, e assinatura de protocolo entre CCAD e CVTELECOM,no Hotel Pestana Trópico - dia 26 de junho;

- Sensibilização sobre o uso do álcool e outras drogas e disponibilização de máscaras na Comunidade de Várzea de Companhia pelos formandos multiplicadores - Inicio dia 26 de junho;

-  Encontro de Reflexão com os Delegados e Diretores de Escolas, sobre o tema: “Partilhe fatos sobre drogas. Salve vidas - dia 28 de junho.”

Com estas atividades, pretendeu-se promover um espaço de diálogo e discussão sobre o lema com os vários parceiros, visando sensibilizá-los para a relevância dos fatos sobre as drogas (e seus perigos) e da prevenção, tratamento e cuidados baseados em evidências.

 

0
0
0
s2sdefault

Terminou hoje, a Formação Online sobre a Rede Epidemiológica de Cabo Verde sobre o Uso de Drogas, que foi promovida pela Comissão de Coordenação do Álcool e outras Drogas (CCAD) em parceria com a Direção Nacional da Saúde (DNS) e ministrada a partir da Sala de Reuniões da CCAD. A formação decorreu nos dias 28 e 29 de outubro.

O objetivo desta formação foi capacitar os pontos focais das estruturas de saúde do país em matéria de coleta, análise e divulgação de dados sobre o uso de drogas e suas consequências, permitindo, deste modo, monitorizar a extensão, os padrões e as tendências do consumo de drogas e as consequências associadas.

 A Rede Nacional de Epidemiologia sobre o Uso de Drogas de Cabo Verde, foi criada em 2018, no âmbito do Projeto Regional de Apoio ao Plano de ação da CEDEAO e com a parceria da União Europeia e o Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e o Crime (ONUDC), tendo na altura, sido capacitados os pontos focais dos Centros de Saúde pilotos selecionados.

 

 

 

0
0
0
s2sdefault

 

Começou hoje, dia 27 de abril de 2021, uma ação de Formação sobre Coordenação e Planeamento de Ações de Prevenção ao Uso de Substancias Psicoativas nas Comunidades, no quadro do reforço das capacidades dos Núcleos Concelhios de Prevenção ao uso do álcool e outras drogas.

Esta atividade é promovida pela Comissão de Coordenação do Álcool e outras Drogas (CCAD), em parceria com o Escritório das Nações Unidas contra as Drogas e o Crime (ONUDC) e a Organização Mundial da Saúde (OMS)  

Pretende-se com esta formação reforçar as capacidades dos coordenadores dos núcleos concelhios de prevenção com conhecimentos e ferramentas básicas para uma efetiva coordenação e gestão local de ações de prevenção ao uso de substancias psicoativas.

Atualmente, existem Núcleos Concelhios de Prevenção em todos os Municípios de País e tem como principal função, reforçar as ações preventivas e reduzir a vulnerabilidade dos indivíduos relativamente a condições suscetíveis de aumentar os riscos de utilização de drogas.

A formação é ministrada online, a partir da Sala de Reuniões da CCAD, precisamente, dia 27 de abril (horário das 9h30 às 12h30) e dia 28 de abril, (das 9h30 às 17h00).

0
0
0
s2sdefault

 

Anualmente a Organização Mundial da Saúde (OMS) e seus parceiros celebram o Dia Mundial sem Tabaco. Este sob o lema “Tabaco: Uma Ameaça para o nosso ambiente”, a OMS, pretende aumentar a conscientização sobre os malefícios do tabaco e desencorajar o uso do tabaco em qualquer forma.

Assim para assinalar esta efeméride o INSP e a CCAD em parceria com a OMS, realizaram hoje, dia 31 de maio, um seminário hibrido, sobre o tema Tabaco: Uma Ameaça para o nosso ambiente”.

Com este seminário objetivou-se sensibilizar a sociedade cabo-verdiana sobre o impacto ambiental do tabaco e suas consequências para a saúde das pessoas.

Na sessão de abertura houve intervenção do representante da OMS, Daniel Kertesz, que frisou que o Dia Mundial sem Tabaco deveria ser todos os dias, lembrou os impactos devastadores do tabagismo que causa morte de mais de 8 milhões de pessoas por ano, no mundo. Chamou atenção para o facto do uso do tabaco provocar danos ao ambiente e parabenizou Cabo Verde por ter assinado em 2005 a convenção quadro para o controlo do tabaco e recentemente a aprovação da Lei que define o regime geral de prevenção e controlo do tabagismo.

A Secretária Executiva da CCAD, Dra. Fernanda Marques, mencionou alguns resultados conseguidos com o projecto FCTC 2030, que contou com assistência técnica da OMS e do Secretariado da Convenção quadro da OMS para o Controlo do Tabaco e expôs que Cabo Verde, está preparado para dar uma resposta integrada no combate ao tabagismo.

A presidente do INSP, Dra. Maria da Luz Lima, por sua vez disse que em Cabo Verde 10% a 12% da população têm hábitos tabágicos, daí expôs que, “É um problema muito grave de saúde pública que tem muitos impactos, nomeadamente económicos, sociais e na família”.

Durante o evento foram apresentados quatro temas, designadamente “Balanço sobre a implementação do Projeto FCTC 2030”, apresentado pela Dra. Vanusa Pereira, Técnica da CCAD, “Protocolo e instrumentos Cessação Tabágica e Cuidados Primários de Saúde”, apresentado pela Dra. Carla Amado Barbosa. Coordenadora Nacional do Programa de Prevenção e Rastreio do Cancro, “Proteção do ambiente e saúde das pessoas (Alternativas económicas viáveis) “, apresentado pela Dra. Edith Pereira da OMS e por último o tema “O Novo Regime Jurídico de Prevenção e Controlo do Tabagismo em Cabo Verde”, apresentado pelo Dr. Celso Monteiro, Psicólogo Clínico da CCAD/ MS.

0
0
0
s2sdefault

 

A Comissão de Coordenação do Álcool e outras Drogas (CCAD) e o Comité de Coordenação do Combate à SIDA (CCS/SIDA), em parceria com o Escritório das Nações Unidas sobre Drogas Crime (ONUDC), realizou no passado dias 21 e 22 de outubro, uma ação de Capacitação de Equipas Móveis de Intervenção de Proximidade para trabalharem com as pessoas dependentes do álcool e outras drogas, de modo a reduzir os riscos e minimizar os danos associados ao consumo,  na Sala de Formação da CCAD, sita em Achada Santo António.

 A formação teve como objetivo reforçar as competências das Equipas Móveis de Intervenção de Proximidade, junto dos dependentes do álcool e outras drogas.

A sessão de abertura da formação foi presidida pelo Secretário de Estado Adjunto do Ministro da Saúde, Evandro Monteiro que na sua alocução frisou que "esta ação de capacitação demostra o compromisso e o engajamento do Ministério da Saúde na busca de melhores práticas e resposta às problemáticas do uso abusivo do álcool e outras drogas e aos fatores ligados a infeção pelo VIH/SIDA no seio dos usuários de drogas". Ainda, na sessão de abertura houve intervenção da Secretária Executiva da CCAD, Dra. Fernanda Marques, da Secretária Executiva do CCS/SIDA, Dra. celina Ferreira e da Coordenadora Sénior Nacional do ONUDC, Dra. Cristina Andrade.

Esta iniciativa insere-se no quadro do reforço das respostas conjuntas dos serviços responsáveis pelas áreas das drogas e do VIH-SIDA, no âmbito da subvenção financiada pelo Fundo Global e contou com a participação de representantes e pontos focais das instituições da sociedade civil que trabalham nos domínios de VIH-SIDA e prevenção do álcool e outras drogas, das ilhas de Santiago, Sal e São Vicente.

 

0
0
0
s2sdefault
 
 
No âmbito do Projeto de Prevenção do Alcoolismo, Droga, Violência e VIH/SIDA - Temática Alcoolismo e outras Drogas, da Fundação Infância Feliz - FIF. a Comissão de Coordenação do Álcool e outras Dragas - CCAD esteve ontem, dia 22 de abril, na Escola Secundária da Fundação Infância Feliz - FIF, numa conversa aberta com os alunos do 9.º ano da referida escola, abordando os tipos de drogas mais consumidas pelos adolescentes e os mitos associados.
Estiveram presentes cerca de 25 alunos que estiveram participativos.
 
Esta atividade é promovida pela FIF em parceria com a CCAD.

É um serviço telefónico, anónimo, gratuito e confidencial, de âmbito nacional que permite levar informações de forma rápida e credível a todos os cantos do país, criada em junho de 2001 em parceria com a CVTelecom, com o objetivo de proporcionar informação, aconselhamento e encaminhamento de dependentes do álcool e outras drogas para diferentes estruturas de saúde.

Slider

Linha SOS

Alcool

800 25 27

A Linha Verde de Apoio à nova Lei do Álcool, é um serviço telefónico que tem como objetivo informar, orientar, aconselhar e receber denúncias sobre a problemática do álcool, na sociedade cabo-verdiana.

É um espaço de dialogo e de reflexão onde se esclarecem todas as dúvidas relacionadas com a problemática das drogas e da toxicodependência.

FALE
CONOSCO
Image is not available
Image is not available
Image is not available
Image is not available

262 31 29
333 72 43

TELEFONE
ENDEREÇO

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

EMAIL
FACEBOOK

Edifício Santo António
Achada Santo António, Praia
Cabo Verde - C.P. Nº 47

Arrow
Arrow
Slider

© 2017 Comissão de Coordenação do Alcoól e Outras Drogas.
Designed and Developed by iDE!A

Please publish modules in offcanvas position.